Poupar dinheiro com um estilo de vida diferente

Se queres poupar dinheiro, podes seguir muitas dicas simples, que aliá mostro aqui no Diário de Gajo, artigos como Juntar dinheiro – 7 dicas simples para te ajudar ou então Como Poupar Dinheiro – Dicas para te ajudar.

Mas para poupares dinheiro realmente, o mais importante é repensares o teu estilo de vida. O estilo de vida que devemos levar, não é aquele que os nossos ordenados podem pagar, mas sim um estilo de vida abaixo, pelo menos até conseguires poupar dinheiro suficiente e fazer bons investimentos, para que consigas ter um rendimento passivo, além do ordenado.

Ai sim, podes ir subindo no estilo de vida, mas a pressa de levarmos uma vida “melhor”, gastarmos mais dinheiro, termos mais bens materiais, faz com que gastemos os nossos rendimentos todos os meses, sem juntar dinheiro, e sem colocar o dinheiro a render.

Ler artigo: Aprender a poupar dinheiro

O dinheiro tem que trabalhar para nós e não nós a trabalhar para o dinheiro. Mas para isso temos que numa primeira fase amealhar dinheiro para o conseguir pôr a trabalhar para nós.

O teu nível de vida deve ser “inferior” ao teu rendimento, aqui ficam algumas dicas:

1 – Casa mais barata

Se com os teus rendimentos, podes pagar uma casa de 1000 por mês, porque não morar numa de 500 ou 600 e consegues poupar, só ai 400 ou 500 euros.

Imagina quanto dinheiro podes poupar apenas num ano com essa poupança e quanto dinheiro não consegues colocar a render.

2 – Carro mais barato ou não ter carro

Precisas mesmo de ter carro, analisa bem a tua vida e verifica se realmente precisas de carro. Se tens que ter, ok, mas lá porque podes comprar um Volkswagen, porque não compras um Fiat.

Damos demasiada importância aos carros, às roupas, às casas, aos telemóveis, aos bens materiais. Queremos ter o melhor, o maior, queremos mostrar.

Tens que definir objetivos, se o teu objetivo for ficar rico, não é com esses hábitos de consumo que o vais atingir.

Se estudares a vida de muitos milionários que por ai andam, todos eles foram muito poupados até atingirem os seus objetivos financeiros e a independência financeira, depois de atingida a independência financeira, ai sim, podem fazer estravagâncias.

3 – Consertar em vez de comprar

Quando um eletrodoméstico avaria, o nosso instinto é ir diretos para o shopping comprar um novo, aliás, lá no fundo até ficamos contentes por ter avariado, para poder comprar um novo.

Na maior parte dos casos vale a pena reparar em vez de comprar novo, não gastes dinheiro desnecessário.

4 – Pedir emprestado

Aqui não temos ainda o hábito, mas noutros países é muito normal pedir coisas emprestadas.

Aqui temos um casamento vamos logo gastar rios de dinheiro na roupa e no calçado, para irmos todos bonecos para o casamento e para todos nos acharem muito lindos.

Porque não pedes o fato ou o vestido ao teu amigo ou amiga? A cultura de preciso de ter tudo tem que mudar.

Umas vezes pedes emprestado a alguém, outras vezes pedem-te a ti alguma coisa empresada, todos ganhavam se mudássemos de mentalidade.

Nos EUA existe uma rede social que ajuda nos empréstimos entre vizinhos.

Poupar dinheiro é apenas uma questão de mentalidade, definir objetivos!!

5 – Não se consolar com compras

Muita gente, depois de uma semana dura de trabalho, vai comprar coisas que realmente não precisa, apenas com a desculpa “eu mereço comprar isto”, claro que mereces, mas precisas mesmo de comprar isso?

Ler artigo: 5 Dicas para uma vida financeira melhor

Mereces muito mais ir dar um passeio, ou jantar num bom restaurante, gastas dinheiro na mesma, mas é com experiências não com bens materiais. Treina-te a deixares de ser tão consumista e a dar mais valor às experiências.

6 – Um dia por semana sem comprar nada

Eu faço muito isto, e até faço mais dias, mas escolhe um dia por semana para não gastares dinheiro absolutamente nenhum.

Leva almoço para o trabalho, não tomes café, não gastes dinheiro em absolutamente nada, não abras sequer a carteira nesse dia.

Vais ver que é possível viver sem gastar tanto, e treinas a tua mente a não precisar de gastar e a poupar dinheiro.

Conclusão

Espero que tenhas gostado destas dicas, o essencial é aprenderes que não tens de gastar tudo o que ganhas, ganho 1000 faço vida de 1000, ganho 5000 faço vida de 5000.

Acompanha a nossa newsletter para não perderes nenhum artigo e receberes dicas extra:

Se queres ter uma vida descansada a longo prazo, aprender a viver abaixo dos teus rendimentos até atingires a independência financeira.

Be the first to comment

Deixa um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com