Acaba já com o Cartão de Crédito

Acaba já com o Cartão de Crédito

Tens cartão de crédito? Se sim então acaba já com ele, não precisas de cartão de crédito para nada.

Eu tinha cartão de crédito e como sou fã de compras online, principalmente de tecnologia e gadgets, e costumo comprar principalmente no Ebay e GearBest (onde comprei recentemente Fitas Leds para o meu Setup), as duas coisas juntas não combinam bem, principalmente se não se tiver uma boa cultura financeira, que era o meu caso.

Em 2017, algo mudou em mim, comecei o ano com uma série de objetivos, um foi melhorar a minha forma física, que está a acontecer (e já vamos a meio do ano, continuo no bom caminho 🙂 ), o outro objetivo foi de ter uma boa saúde financeira.

Uma boa saúde financeira passa por não ter prestações, ou se as tiver que sejam pelo menos as “normais” da casa e pronto, a do carro também. Não precisam de ter mais nenhuma prestação a massacrar o vosso orçamento todos os meses.

Se tens dívidas com cartões de crédito a tua prioridade deve ser acabar rapidamente de as pagar. Os juros dos cartões de crédito são sempre altíssimos, quando mais depressa pagares mais dinheiro vais poupar.

Aqui ficam algumas dicas que funcionaram para mim e espero que funcionem para ti também e que consigas deitar fora esse maldito cartão:

Dica 1 – Acabar com a divida do cartão de crédito deve ser o teu maior objetivo

Para que consigas pagar mais rapidamente de pagar a tua dívida, esse deve ser encarado como o teu maior objetivo, uma questão de orgulho, tens de conseguir.

Para mim funciona muito bem o conceito de desafio, detesto perder desafios, então quando quero fazer algo, desafio-me a conseguir fazer algo, não vou perder, nem que seja para mim mesmo. Sempre que posso, até conto para outras pessoas esse meu objetivo, para o desafio ser maior, e ter mais garra para conseguir atingir, não vou querer ficar mal perante as pessoas com quem disse que ia fazer algo, neste caso ACABAR COM A DÍVIDA DO CARTÃO DE CRÉDITO. Desafia-te, não vais ficar mal.

Dica 2 – Não uses mais o cartão de crédito

Esta é óbvia, certamente se o objetivo é acabar com o cartão de crédito, não podes usá-lo mais.

O que eu fiz foi, ainda tendo dívida para pagar, cancelei o cartão de crédito junto do banco, assim não ia mais usar mesmo. Depois concentrei-me em pagar a dívida.

Dica 3 – Conhece bem os teus gastos mensais

Tens que saber exatamente quais os teus rendimentos e as tuas despesas, fazer um bom registo de todas as despesas é essencial para se conseguir descobrir onde podemos cortar alguns gastos para se poder poupar dinheiro para concentrarmos as nossas poupanças mensais no pagamento da dívida do cartão.

Vejam o artigo Aprender a poupar dinheiro para saberem como controlar as despesas e saber exatamente para onde vai o dinheiro todos os meses.

Façam um orçamento para o mês e tentem ao máximo respeitar, de forma a que sobre dinheiro (quanto mais melhor).

Dica 4 – Paga o máximo possível por mês

Não pagues apenas o mínimo exigido do cartão de crédito, dessa forma estás a pagar juros e mais juros e nunca mais consegues saldar a dívida do cartão.

Depois de conheceres bem os teus gastos mensais, tenta ao máximo que te sobre dinheiro no final do mês, abate o máximo que conseguires da dívida do cartão de crédito.

Se tiveres uma dívida mesmo que pequena de 1000 euros, a pagar o mínimo mensalmente, vais demorar anos a pagar, enquanto se conseguires pagar 100 ou 150 euros, vais pagar apenas em alguns meses.

Esforça-te ao máximo para acabar com a dívida rapidamente.

Dica 5 – Paga a dívida do cartão de crédito com um crédito pessoal

Já sei, pedir um crédito para pagar outro crédito, não é nada bom sinal.

Mas pode ser vantajoso, se tens uma dívida alta de um ou até de vários cartões de crédito, pode ser vantajoso, pedires um crédito pessoal e terminares de imediato com as dívidas todas dos cartões.

As taxas de juro dos créditos pessoais, são bem mais baixos do que as taxas de juro dos cartões de crédito.

ATENÇÃO: Usa esta dica, apenas se não estiveres mesmo a conseguir abater rapidamente as dívidas dos cartões.

E agora, posso viver sem cartão de crédito?

Claro que sim, eu vivo, sem um único cartão de crédito, continuo a fazer algumas compras online, continuo a viajar, a ir a hotéis, tudo isto sem cartão de crédito.

Para as compras online, uso o PayPal, que já usava antes, mas estava associado ao cartão de crédito, mas descobri que posso associar o PayPal a um cartão de débito, assim sempre que faço alguma compra com o PayPal ele desconta na minha conta à ordem, sem mensalidades nem juros, na hora.

Para viagens e hóteis, já me pediram algumas vezes o cartão de crédito, eu digo simplesmente que não tenho cartão de crédito, e a resposta é sempre a mesma: “não há problema”.

Eu consigo viver sem Cartão de Crédito, e tu?

This Article Has 2 Comments
  1. Pingback: Antes de começares a investir na bolsa - Diário de Gajo

  2. Pingback: Balanço do ano 2017 - Diário de Gajo

Deixa um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com